Home
 Equipe
 Galeria de fotos
 Histórico
 Localização
 O Rebanho
 Alimentação
 Catálogo de vendas
 Caprinforma
 Cotações
 Curiosidades
 Dicas
 Notícias
 Raças
 Alpina
 Anglo Nubiana
 Angorá
 Azul
 Boer
 Moxotó
 Saanen
 Savana
 Toggemburg
 Receitas
 Sanidade
 Técnicas
 Web Links
 Livro de Visitas
 Contate-nos

Você pretende ampliar seu negócio de Caprinos?

Sim               
Não               

  

 
 
 
Advertisement
 
 
Angorá   Versão para Impressão  Enviar por e-mail 
26 02 2005

Raça conhecida há 2400 anos a.C., originária de Angorá, na Anatólia, Ásia Menor, uma região de solos pobres e clima muito variável quanto á temperatura. Hoje é criada principalmente na Turquia, União Soviética, União Sul Africana e Estados Unidos.

Angorá é uma raça produtora de pelos, denominados "mohair", de alto preço no mercado mundial. Há poucas informações de animais dessa raça no Brasil, embora registrem-se algumas importações, inclusive pela Secretaria de Agricultura do Estado de São Paulo.

No interior do Rio Grande do Sul encontram-se alguns exemplares criados de forma extensiva com alto grau de consangüidade. Seu peso é de 30 a 55 Kg na fêmea e 50 a 75 no macho. Estatura de 50 a 60 cm na fêmea e 60 a 70 cm no macho. Sua cabeça é média, cônica, alongada, fina e angulosa.

O perfil é retilíneo ou subcôncavo.As orelhas são bem implantadas, largas e fina, horizontais ou levemente caídas, com o pavilhão voltado para baixo, com 20 cm de comprimento por 5 cm de largura. Os chifres são cinzentos, achatados, saindo para trás, para cima e para os lado, sempre em espiral e simétricos, sendo menores, mais finos e menos torcidos nas fêmeas, grandes de até 50 cm de comprimento nos machos. Pescoço curto e levantado.

O corpo bem proporcionado, amplo, comprido e profundo. Linha dorso-lombar direita em nível e carga. Peito largo, no macho. Cruzes baixas e achatadas. Costelas arqueadas, ancas largas e ventre bem sustido. Cauda ereta, curta e deprimida. Defeitos comuns são corpo estreito e garupa caída. Úbere relativamente pequeno. Membros curtos, bem agrupados. Dispostos em retângulo, ossatura forte e bolêtos bem sustidos.

Sua pelagem é branca, uniforme e lustrosas, com pêlos finos, brilhantes e sedosos, com 20 a 30 cm de comprimento, cobrindo todo o corpo, com exceção do focinho e chanfro, orelhas e extremidades dos membros, recobertos por pelagem curta, mais sedosa, formando mechas longas e onduladas, que atingem até 70 cm de comprimento.

Apresenta topete sobre a fronte. Apele é rósea e fina e as mucosas são claras. A Angorá é uma cabra pequena, de aparência elegante e alerta. A qualidade do "mohair" varia com o ambiente e é pior nos climas temperados e quentes. Com esta lã fabricam-se pelúcias, estofamento de móveis e automóveis. As peles são utilizadas na confecção vestes quentes e pelegos.

A carne é fina e saborosa. A Angorá tem temperamento manso. Não suporta a umidade. É indicada para planaltos e terra onduladas em clima seco. Não é muito prolífica, dando 70% de nascimento, porém com cuidado, consegue-se 100% a 120%. Os cabritos são delicados e não devem sair para o campo antes da idade de 6 semanas, sendo muito sensíveis ás chuvas frias, suportando, porém o frio seco. O leite é apenas suficiente para as crias.

Destinação:

Pele

Clima mais adequado:

Não é recomendável para climas temperados e quentes. Não suporta a umidade. É indicada para planaltos e terra onduladas em clima seco. São sensíveis às chuvas, suportando, porém o frio seco.


Fonte: Sebrae - Projeto Aprisco.


 
Voltar para Principal
 

Nós temos 86 convidados online

 
1593971 Visitantes

 
Alimentação
Confira a importância da alimentação, na criação de caprinos, dicas e MAIS !!!
 
Cotações
Sessão contendo as Cotações de Caprinos atualizadas...
Confira !!!
 
Dicas
Confira agora mesmo a nossa sessão de dicas
Clique aqui !!!
 
Receitas
Você quer conhecer algumas receitas de caprinos?
Acesse aqui !!!
 
Sanidade
Análise do rebanho para verificação de possíveis doenças.
CONFIRA AQUI !!!
 
Créditos
Créditos